Expectativa e surpresa - Jornal Fato
Artigos

Expectativa e surpresa


Viajamos na Semana Santa e o passeio teve início através do Aeroporto de Vitória. Deixamos o carro no estacionamento e percebi que havia muita expectativa com a inauguração do novo aeroporto - no antigo observei alguns detalhes, como equipamentos enferrujados e o absurdo de sair do terminal arrastando bagagem pelo pátio até o avião. Confirmaram a inauguração próxima e continuei meio cética. Obras grandes e que demandam muitos anos para conclusão sempre me deixam nesse estado. Minha primeira surpresa ocorreu no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, local por onde não transitava há anos. O aeroporto foi totalmente reformado e remodelado. E de lá viemos para o aeroporto de Vitória, uma magnífica obra, num espaço adequado, e pela primeira vez não foi preciso descer escadas carregando bagagens, desembarcamos atravessando o túnel comum em todos os aeroportos, e adentramos num espaço lindíssimo. Deslumbramento foi a sensação, nada de reformas nem de puxadinhos, tudo perfeito, cheirando a novo, moderno, elegante e contemplando terminais que atenderão voos nacionais e internacionais. Os banheiros são lindíssimos e em todos os espaçosforam utilizados o material que é a nossa maior riqueza - mármore e granito. Os painéis que decoram as paredes mostram as belezas e cultura do Estado e segundo informações serão instaladas 75 lojas, para distrair e atender aos viajantes. E minha surpresa transformou-se em choque,quando retornamos ao antigo aeroporto, aonde fomos pegar nosso carro estacionado na semana anterior. Não há termos de comparação.

Voltando ao meu ceticismo, não esperava ver o aeroporto inaugurado e funcionando. Grandes obras, que demandam recursos públicos e vontade política de governos que se revezam no poder, nunca são concluídas. O aeroporto de Vitória saiu da minha lista, do qual faz parte mais duas obras - a duplicação da BR 101, da qual pude experimentar a execução em pequeno trecho, o que já nos permite ter uma dimensão do que será toda a rodovia duplicada. E por último a revitalização e reurbanização da Praia Central em Marataízes, obra essa já anunciada por mais de um administrador, que tem projeto pronto e é aguardada ansiosamente. Espero ter vida para poder usufruire deslumbrar-me, como aconteceu no aeroporto de Vitória.


Dayane Hemerly Repórter Jornal Fato

Comentários

VEJA TAMBÉM...