Home      Cidades

Famílias recebem reforma e casas em Presidente kennedy

06.01.2017

 

 

 

A iniciativa é uma das primeiras ações de prefeita reeleita Amanda Quinta Rangel (Fotos: Divulgação)

 

Aos 71 anos, o caminho de casa para a sede do município é longo. O aposentado Heraldo Rios percorre a pé uma pequena estrada até ter acesso ao ônibus que o leva de Comissão, sua comunidade, até o Centro de Presidente Kennedy. Heraldo mora em uma casa com três cômodos e condições precárias de moradia, mas não reclama da vida, apenas diz que se tivesse uma residência em boas condições, ficaria mais despreocupado. “Aqui quando chove molha tudo. A gente fica com medo das telhas voarem”.  Sua esposa também não se queixa da residência, mas abre um sorriso quando recebe a notícia de que em pouco tempo seu lar será outro e bem melhor.

 

A família de Heraldo Rios está entre as 20 famílias em situação de risco que serão beneficiadas com reformas, ampliações e construções de casas populares. Esta é uma das primeiras ações do novo mandato da prefeita reeleita Amanda Quinta Rangel. O objetivo é dar aos kennedenses mais dignidade e conforto.

 

A Secretaria de Assistência Social visitou na manhã desta quinta-feira (5) algumas pessoas que serão contempladas. Dona Maria das Neves e seu esposo Levi Francisco da Silva fazem parte dessas famílias e ficaram emocionados em saber que a casa nova não vai demorar muito para ficar pronta. Ele com 77 anos e alguns problemas de saúde, ela com 73 e muito otimismo, residem na comunidade de Santa Lúcia e não veem a hora de ter uma casa em condições dignas. “Quero colocar minhas coisinhas no lugar. Aqui onde a gente mora não cabe tudo e muita coisa está do lado de fora. A gente pensava até em ir embora, mas graças a Deus a boa notícia chegou”, diz dona Maria.

 

Eni Carvalho Rodrigues também terá uma nova residência. Aos 59 anos, mora com o marido Valdeir dos Santos Carvalho de 62. A casa é simples, o chão é de barro e nunca teve água encanada, a família mora ali há 40 anos. Quando perguntados sobre o que muda com a casa nova, eles respondem: “Muda tudo”.

 

Quem também será beneficiado é Laudecir Louzan, morador da comunidade de Jaqueira. Ele ficou 23 anos sem energia elétrica e com um encanamento precário. Hoje já desfruta de energia e água tratada, mas ainda falta um lugar digno para morar. Por pouco tempo, porque a partir deste mês sua casa começará a ser construída. Assim como a casa de Tereza Neves de Jesus, de 50 anos, que mora de favor em uma casa cedida na comunidade de Fazendinha e que agora terá o sonho da casa própria realizado. A construção da casa de Tereza havia sido iniciada na gestão passada, mas não foi concluída. Segundo ela, a espera valeu a pena porque daqui a alguns meses terá um lar para chamar de seu.

Segundo o secretário de Assistência Social, Ricardo Vasconcelos Cordeiro, as obras nestas residências e em mais 15 casas começarão já a partir desta segunda-feira (9)  e a previsão é que a conclusão seja de 90 a 120 dias após o inicio das reformas e construções.

 

 

Comentários


(28) 3511-7481

 

es.fato@terra.com.br

redacao@jornalfato.com.br

 

Faça parte de nosso Facebook!

 

© 2016 Jornal Fato. Todos os direitos reservados.