Home      Educação

Crianças aprendem a lidar com as emoções em sala de aula

08.12.2016

 

 

 

Foto: Divulgação

 

A Secretaria de Estado da Educação (Sedu) realizou, na tarde desta quinta-feira (08), o encerramento do “Amigos do Zippy”. Ao todo, 337 professores desenvolveram o programa, estimulando mais de 8 mil crianças do Ensino Fundamental das redes estadual e municipal do Espírito Santo a explorarem as maneiras de lidar com situações como: amizade, comunicação, solidão, ameaças, mudanças, perdas, entre outras.

 

“Quero parabenizar todos os professores, gestores e alunos pelo trabalho desenvolvido e pelo belo resultado que pudemos notar. Este programa é importante porque é necessário para convivermos em mais harmonia na sociedade de hoje, ver o lado positivo das coisas e enfrentar os problemas com sabedoria”, disse o secretário Haroldo Rocha.

 

O Programa Amigos do Zippy proporcionou, durante as aulas, a oportunidade das crianças refletirem e criarem estratégias para os problemas apresentados, complementadas por jogos lúdicos que possibilitaram experimentar suas sugestões à medida que suas capacidades emocionais e sociais fossem desenvolvidas. O objetivo foi promover o bem-estar e encorajar o estudante a explorar várias opções de solução e a pensar por si mesma.

 

A estudante Maria Clara Serqueira, de 8 anos, falou o que mudou para ela depois do Amigos do Zippy. “Passei a ser uma menina mais educada. Peço licença e desculpas quando precisa. E sempre ajudo meus amigos na escola quando eles estão tristes”, contou a criança, que é aluna da Escola Manoel Paschoal de Oliveira, de Cariacica.

 

Em setembro de 2016, foi realizada uma pesquisa para detectar os impactos das aulas da primeira metade do programa. Os docentes responderam a um questionário no qual 95% indicaram que seus alunos desenvolveram a habilidade de reconhecer suas próprias emoções e comunicar seus sentimentos de forma efetiva, além de perceberem quando outros não estão bem e demonstrar empatia.

 

De acordo com a professora Cristina Alves Leite, além do seu crescimento pessoal, ela notou o crescimento dos alunos como pessoas. “Eles passaram a reconhecer os sentimentos e serem mais compreensivos uns com os outros. Foi uma mudança total na escola”, afirmou Cristina, que leciona na Escola Manoel Paschoal de Oliveira.

 

Durante o encerramento, os participantes puderam prestigiar a apresentações culturais de música e dança dos alunos da Escola Professor Augusto Luciano Carvalho, de Cariacica, e da Escola Jones José do Nascimento, da Serra.

 

Amigos do Zippy

 

O Amigos do Zippy é um programa de educação emocional desenvolvido em escolas públicas e privadas, que ensina crianças pequenas a lidar com as dificuldades do dia a dia, estimulando-as a identificar e a falar sobre seus sentimentos, a construir estratégias para resolver problemas e a fazer escolhas que melhorem sua qualidade de vida, levando em conta os sentimentos das outras pessoas. Nos últimos 12 anos, já beneficiou mais de 277 mil crianças com o desenvolvimento de habilidades sociais e emocionais em 45 municípios brasileiros.

 

O Amigos do Zippy tem sua eficácia comprovada internacionalmente na área de promoção de saúde mental pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Sua metodologia de aprendizagem está em total consonância com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) e com o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Além disso, em 2013, o MEC reconheceu a metodologia da ASEC de capacitação de educadores em Educação Emocional como Tecnologia Educacional promotora da Educação Integral e Integrada, na perspectiva de ampliação da jornada escolar no país e da articulação da escola com seu território. 

 

 

Comentários


(28) 3511-7481

 

es.fato@terra.com.br

redacao@jornalfato.com.br

 

Faça parte de nosso Facebook!

 

© 2016 Jornal Fato. Todos os direitos reservados.