Home      Educação

Município e Estado trocam turmas

14.11.2017

 

 

 

A Secretária de Educação levou aos vereadores os projetos para a área em Cachoeiro (Foto: Divulgação/PMCI)

A partir de 2018 começa a transferência gradativa de turmas de 6º ao 9º ano, da rede municipal de Cachoeiro de Itapemirim para a estadual. Do mesmo modo, há migração no sentido inverso, com turmas do 1º ao 5º para unidades municipais. As medidas fazem parte do Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes).

 

“A partir dos novos parâmetros da educação no estado, as prefeituras poderão oferecer ensino de ainda mais qualidade até o quinto ano, preparando os alunos para a etapa seguinte, nas escolas estaduais. Por sua vez, o estado terá ainda mais foco no preparo das turmas que vão entrar no ensino médio”, explicou Cristina.

 

O Paes é implantado pelo governo estadual e prevê estratégias voltados ao processo pedagógico em todos os municípios capixabas. Em Cachoeiro, o planejamento das ações é feito em parceria com o instituto Natura, e os projetos para o ano que vem estão sendo traçados. Em janeiro próximo, começam as reuniões para definição de medidas a serem adotadas em 2019.

 

O Paes estabelece rotinas claras de formação, monitoramento e avaliação, com apoio constante à implementação de práticas pedagógicas com êxito comprovado. Os municípios recebem suporte, também, no alcance de suas metas na área, estabelecidas nos planos municipais. Uma das ferramentas é a melhor organização econômica, por meio de ações articuladas.

 

No campo do estudo para oferta de ensino, o programa busca a otimização na aplicação de recursos didáticos, humanos, financeiros e materiais. Outra atenção é relativa às vagas e a previsão de aparelhamento da rede.

 

As propostas para o futuro da educação na rede pública em Cachoeiro foram pauta de apresentação, na tarde de ontem, na Câmara Municipal. A chefe da pasta, Cristina Lens, e sua equipe coordenaram o repasse de dados.

 

 

 

 

Comentários


(28) 3511-7481

 

es.fato@terra.com.br

redacao@jornalfato.com.br

 

Faça parte de nosso Facebook!

 

© 2016 Jornal Fato. Todos os direitos reservados.