Home      Especial

Delivery: entrega de sabor em domicílio

Em Cachoeiro de Itapemirim, cidade polo da região sul capixaba, o mercado de delivery de alimentos oferece variadas opões de qualidade aos consumidores

11.11.2017

 

 

 

Boas opções não faltam para quem quer receber comida em casa e ainda economizar

A facilidade de, no aconchego do lar, pedir entrega de comida. Um hábito de consumo que cresce a cada dia no país, movimentando cerca de R$ 10 bilhões, de acordo com dados da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

 

Como não podia deixar de ser, em Cachoeiro de Itapemirim, cidade polo da região sul capixaba, o mercado de delivery de alimentos oferece variadas opões de qualidade aos consumidores.

 

Uma delas é a Tio RizzoHamburgueria, point dos bairrosAlto Novo Parque e Agostinho Simonato.

 

O proprietário, Antônio Rizzo Moreira dos Santos, destaca o seu cardápio:“um dos melhores hot dogs da cidade é o nosso. Oferecemos variedade de lanches,macarrão na chapa, que é uma delícia, também servimospizza...enfim, o cardápio é maravilhoso!”.

 

A Tio Rizzo Hamburgueria funciona diariamente, de 17h30 a 1h00. Os telefones do disk entrega são: 998845861 – 998851718 –3517 2376 (Novo Parque) e 99991 0199 - 3517 2825 (Agostinho Simonato).

 

Já no bairro São Luiz Gonzaga, em evidência está aJaumJaumHamburgueria, situada na Rua Monteiro Lobato. O empresário João Luiz Pereira garante que a proposta do seu estabelecimento é “oferecer um serviço de qualidade à clientela e um delivery que não demore, que chegue rápido à residência do freguês”.

 

João Luiz explica o que para ele é um dos diferenciais da JaumJaum. “Sou o cozinheiro da casa, eu mesmo que faço a comida. Tenho auxiliar, tenho equipe de cozinha, mas eu que supervisiono tudo. Nosso principal objetivo é trabalhar com qualidade, para se sobrepor à concorrência neste mercado, que está tão competitivo”.

 

Ele divulga os seus produtos: “Oferecemos porções, caldos diversos, bobó de camarão... fazemos um torresmo que poucos lugares fazem em Cachoeiro. Trabalhamos agora também com porções de camarão frito, que estão sendo muito requisitadas”.

 

A JaumJaumHamburgueria abre de terça-feira a domingo, das 19h00 à meia-noite. Hámúsica ao vivo toda sexta-feira. Delivery: 99992 9646 - 99909 1279.

 

Quantidade e variedade

 

O consumidor cachoeirense está bem servido de opções de comprovada qualidade. O único “trabalho” é experimentar, bom apetite!


É só pedir e esperar a campainha tocar ou o motoboy buzinar

Entrega de comida é bom negócio

 

O serviço de entrega de alimentos em casa, além de prático, é um bom negócio.Para quem vende e para quem compra.

 

O mercado foi um dos poucos a passar ileso pela crise financeira do país. E cresceu. Por atender à necessidade de economia do cliente. Ao pedir a comida em casa, não gasta com transporte, nem os 10% do serviço, por exemplo. E ainda controla melhor os pedidos.

 

A combinação entre necessidade e praticidade impulsiona esse mercado. Segundo os dados mais recentes da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), somente em 2015, o delivery de alimentos movimentou cerca de R$ 9 bilhões no país, um aumento de R$ 1 bilhão em relação ao ano anterior.

 

Com as facilidades de pagamento e a boa previsão de retorno nas vendas, cada vez mais estabelecimentos têm entrado no ramo de entrega de alimentos.Pesquisa realizada pela empresa de consultoria e varejo GS&MD, diz que 59% dos brasileiros pedem comida em casa. De acordo com a pesquisa, a pizza é a comida mais pedida, seguida por comida chinesa, lanches e comida brasileira.

 

Em Cachoeiro, comida chinesa ainda não é pedido comum, mas no aconchego do lar, o consumidor tem amplo leque de opções, com pizzas, hambúrgueres tradicionais e gourmets, sanduíches, petiscos, refeição completa e bebidas, dentre outros.É só pedir e esperar a campainha tocar ou o motoboy buzinar.

 

Boas opções não faltam. E estas páginas estão recheada delas.

 

 

 

 

 

Comentários


(28) 3511-7481

 

es.fato@terra.com.br

redacao@jornalfato.com.br

 

Faça parte de nosso Facebook!

 

© 2016 Jornal Fato. Todos os direitos reservados.