Home      Geral

Praça vira abrigo de moradores de rua

A recomposição do espaço de lazer foi anunciada, no mês passado, pela prefeitura, mas a obra ainda não começou

20.04.2017

 

 

 

Destruída pelas chuvas do final do ano passado, a Praça da Maçonaria está sem condições de uso pela população (Foto: Ailton Weller)

 

Ailton Weller

 

Apesar do anúncio da reconstrução da ‘Praça da Maçonaria’, área de lazer ao lado da ponte municipal Fernando de Abreu, pela prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim, que foi parcialmente destruída com as chuvas que atingiram o município no final do ano passado, o local continua sem condições de uso pela população.

 

A cratera aberta foi coberta, mas o processo de revitalização não foi concluído e o resultado é o acúmulo de entulhos, além da presença de moradores de rua que improvisaram abrigos com papelão e outros materiais.

 

No mês passado, a Secretaria de Obras garantiu que havia iniciado a fase de aquisição dos materiais necessários para a recomposição do espaço, no entanto isso não aconteceu. Moradores da rua 25 de março e pedestres que transitam pelo local cobram da municipalidade os reparos necessários para que o espaço volte a ser utilizado.

 

Em nota, a Secretaria Municipal de Obras informou que foi realizada a recomposição da erosão e da rede de drenagem que foi afetada pelas chuvas. Adiantou ainda que prefeitura aguarda uma definição da Maçonaria para dar continuidade aos serviços de recuperação daquele espaço.

 

“Uma reunião deverá ser agendada, em breve, com os representantes da loja maçônica para a elaboração de um projeto de recuperação da praça”, concluiu o comunicado.

 

 

 

 

 

Comentários


(28) 3511-7481

 

es.fato@terra.com.br

redacao@jornalfato.com.br

 

Faça parte de nosso Facebook!

 

© 2016 Jornal Fato. Todos os direitos reservados.