Home      Geral

Quadros produzidos por detentos serão expostos em Marataízes

Os quadros foram produzidos por internos que participaram das três edições do concurso de pintura do projeto “Mãos que Falam”

19.05.2017

 

 

 

Foto: Divulgação/Sejus

 

Doze telas pintadas por internos do Centro de Detenção Provisória de Marataízes (CDPM) e da Penitenciária Regional de Cachoeiro de Itapemirim (PRCI) ficarão expostas, entre segunda-feira (22) e 09 de junho, no Palácio das Águias, em Marataízes. O prédio abriga a Biblioteca Pública do município.

 

Os quadros foram produzidos por internos que participaram das três edições do concurso de pintura do projeto “Mãos que Falam”, realizado pela Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), com apoio da ArcelorMittal e da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).  

 

Os temas das pinturas são variados, seguindo a orientação das edições do concurso. Em 2016, a terceira edição do concurso de pintura abordou as paisagens e pontos turísticos do Espírito Santo, baseado na campanha #amor♥es, lançada pelo Governo do Estado com o objetivo de promover e ressaltar as belezas naturais capixabas. Já as edições anteriores do evento tiveram como tema “Terra, Planeta Água” e “Meu Brasil Brasileiro”.

 

Os cavaletes que servirão de suporte para as telas da exposição também foram confeccionados por detentos da Penitenciária Estadual de Vila Velha III (PEVV III).

 

O diretor do Centro de Detenção Provisória de Marataízes, Fabrício Ribeiro Porto Fernandes, explica que o objetivo da exposição é apresentar à população do Sul do Estado o projeto realizado nas unidades prisionais.

 

“Acredito que a promoção da cultura dentro dos estabelecimentos prisionais também é uma importante ferramenta no trabalho de ressocialização dos detentos e a exposição é uma oportunidade de divulgar o trabalho que é realizado”. 

 

“Mãos que Falam”

 

O projeto tem como objetivo potencializar as habilidades artísticas de internos do sistema prisional capixaba, bem como auxiliar no resgate da autoestima dos detentos e contribuir para a melhoria da qualidade de vida deles ainda em cumprimento da pena. Busca, ainda, humanizar os espaços coletivos das unidades prisionais.

 

O concurso é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), por meio da Gerência de Educação e Trabalho (GET), com apoio da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e patrocínio da ArcelorMittal.

 

Serviço

 

Exposição de quadros dos internos do sistema prisional

Quando: de segunda-feira (22) a 09 de junho de 2017.

Onde: Palácio das Águias (Avenida Simão Soares, Alto Lagoa Funda, Marataízes).

Horário: Das 08 às 17h.

Entrada gratuita.

 

 

 

 

Comentários


(28) 3511-7481

 

es.fato@terra.com.br

redacao@jornalfato.com.br

 

Faça parte de nosso Facebook!

 

© 2016 Jornal Fato. Todos os direitos reservados.