Home      Geral

Secretário de Administração é o 6º a deixar cargo em Cachoeiro

Rodrigo Magnago vai assumir cargo de Diretor Administrativo Financeiro do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos

06.12.2017

 

 

 

 

O secretariado do primeiro ano do mandato de Victor Coelho, prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, já conta seis substituições não programadas. A mais recente ainda não se concretizou, mas é apenas questão de horas: a saída do secretário Municipal de Administrações e Serviços Internos, Rodrigo Magnago, que vai assumir cargo, para o qual já foi nomeado, de Diretor Administrativo Financeiro do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

 

A formalização de sua saída ocorre na sexta-feira (8), quando sua exoneração será publicada no Diário Oficial da Prefeitura de Cachoeiro. O nome de quem irá substituí-lo, no entanto, deve ser divulgado no mesmo dia.

 

Do secretariado que começou a gestão junto com o prefeito, Edmilson Paixão puxou a fila ao deixar, em maio, a Secretaria de Fazenda para atuar no Sicoob Credirochas. O substituto é Rogério Pagoretti Caetano Amorim, também Controlador Interno de Governo.

 

A Secretaria Municipal de Obras é um caso à parte. Em menos de um ano, está no terceiro gestor. Também em maio, o engenheiro César Penedo deixou a secretaria alegando que se dedicaria a projetos na iniciativa privada.

 

O ex-prefeito de Guaçuí, Luciano Machado, assumiu, mas, no entanto, pediu para sair menos de quatro meses depois, com a entrada em vigor da Lei da Ficha Limpa Municipal, que impede que alguém que, como ele, tem condenação por órgão colegiado, assumisse ou permanecesse no cargo. Deu lugar, em setembro, ao atual secretário, o engenheiro civil José Santiago de Lima.

 

Em junho, o prefeito já promovera mais uma troca. Luiz Carlos Bindaco, da Secretaria Municipal de Saúde, deu lugar a Luciara Botelho, até então subsecretária na pasta. Como nas outras vezes, o anúncio foi feito por intermédio das redes sociais, e o prefeito não entrou em detalhes sobre o motivo de mais essa mudança.

 

Em outubro, houve nova troca em posição-chave na gestão socialista. Pedro Ivo da Silva, um dos pilares da administração, deixou a Secretaria de Gestão Estratégica. O prefeito disse que “ele antecipou a saída (prevista para o final do ano, também de acordo com Victor) para ser avô”. O secretário de Governo, Weydson Ferreira, acumula a função desde então.  

 

Previstas

Também houve mudança prevista, por iniciativa do prefeito. A pasta de Esporte e Lazer que iniciou o mandato nas mãos de Vander Maciel, hoje, é dirigida por Lilian Siqueira.

 

E quase despercebida, num escalão abaixo, foi a entrada do coronel Francisco Inacio Daróz na Coordenadoria Executiva de defesa Civil, que, antes era ocupada por Zenilson Baptista.

 

 

 

 

Comentários


(28) 3511-7481

 

es.fato@terra.com.br

redacao@jornalfato.com.br

 

Faça parte de nosso Facebook!

 

© 2016 Jornal Fato. Todos os direitos reservados.