Home      Geral

Gatos são resgatados em casa abandonada, em Cachoeiro

O resgate foi feito pela ONG Patinhas e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma)

12.01.2018

 

 

 

Dayane Hemerly

 

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), juntamente com o a ONG Patinhas, resgataram dois filhotes de gatos, batizados como Davi e Vitória, em um imóvel abandonado no Centro de Cachoeiro de Itapemirim. O caso aconteceu na manhã desta sexta-feira (12)

 

De acordo com o secretário Mário Louzada, moradores próximos à residência em que estavam os gatinhos, na rua Costa Pereira, acionaram a ONG para fazer o resgate. O grupo Patinhas, coordenado por Tatiana Andrade e Simone Sodré, acionou a Semma para auxiliar na retirada dos animais da casa, que estava fechada.

 

Fotos: Divulgação

“Tentamos resgatar Davi e Vitória durante três dias, porém a casa estava trancada, e não havia como entrar. Acionamos o proprietário e insistimos com ele, porque ele poderia responder por maus-tratos e conseguimos arrombar a porta”, conta o secretário.

 

O primeiro gato foi resgatado, mas o segundo, de acordo com Mário, estava entrando no encanamento do vaso sanitário, o que dificultou o resgate.

 

“O segundo gatinho estava dentro do vaso, entrando no encanamento. Precisamos quebrar o vaso para poder tirá-lo de lá”, comenta.

 

Os gatinhos foram levados para a ONG, onde foram atendidos por veterinários e medicados. Os bichinhos foram batizados como Davi e Vitória.

 

Os filhotes foram encontrados desnutridos e desidratados e estão sendo cuidados para a adoção.

 

“Esses casos de abandono de animais acontecem mais do que a população possa imaginar. Nós da Semma fazemos frequentes resgates, principalmente nessa época do ano, em que os donos viajam e abandonam os animais”, relata Louzada.

 

Mário ainda diz que uma das prioridades da Semma é combater os maus-tratos aos animais.

 

 

 

 

 

Comentários


(28) 3511-7481

 

es.fato@terra.com.br

redacao@jornalfato.com.br

 

Faça parte de nosso Facebook!

 

© 2016 Jornal Fato. Todos os direitos reservados.