Home      Geral

Morador culpa prefeitura por corte irregular de árvores

A denúncia foi feita pelo professor de geografia, Edimilson Padilha, morador há 35 anos da rua Ecoporanga, no bairro Zumbi, dono da área.

09.02.2018

 

 

 

 Antes

Cerca de dez árvores foram cortadas, supostamente, pela prefeitura de Cachoeiro, sem autorização do proprietário do terreno, na manhã de quinta-feira. A denúncia foi feita pelo professor de geografia, Edimilson Padilha, morador há 35 anos da rua Ecoporanga, no bairro Zumbi, dono da área.

 

“Me sinto muito triste e desrespeitado. Eu amava àquelas árvores, que eram frutíferas. Além de segurarem o barranco elas também mantinham minha privacidade. Simplesmente invadiram meu quintal e cortaram minhas árvores. Me sentia bem com elas em meu terreno, só queria entender por que fizeram isso”, lamentou.

 

Segundo Padilha, ele não estava em casa no momento em que as árvores foram cortadas, mas testemunhas afirmam que um caminhão da prefeitura foi visto no local recolhendo os troncos. 

 

Segundo a Prefeitura, uma equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente será enviada na próxima quinta-feira (15) para conversar com proprietário do terreno para entender melhor a situação e tomar providências de acordo com o que for apurado.

 

 

 

 

Depois 

 

 

 

 

 

Comentários


(28) 3511-7481

 

es.fato@terra.com.br

redacao@jornalfato.com.br

 

Faça parte de nosso Facebook!

 

© 2016 Jornal Fato. Todos os direitos reservados.