Home      Polícia

Acusado de sequestrar e matar Thayná é preso no sul do Brasil

Thayná foi vista pela última vez entrando no carro de Ademir Lucio Ferreira de Araújo, de 55 anos, desde então ele estava foragido

13.11.2017

 

 

 

Ademir Lucio Ferreira de Araújo

Ademir Lucio Ferreira de Araújo, de 55 anos, acusado de sequestrar Thayná Andressa de Jesus Prado, de 12 anos, foi preso na madrugada desta segunda-feira (13), em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. A ação contou com o auxílio de policiais civis do Espírito Santo.

 

A Polícia Civil da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) do Espírito Santo, estava desde a última terça-feira (07) no Rio Grande do Sul tentando localizar Ademir.

 

Nas redes sociais, o secretário de Segurança Pública do Espírito Santo, André Garcia, mencionou sobre a ação da Brigada Militar e parabenizou o trabalho das equipes.

 

“Parabenizo a todos os políciais que trabalharam sem descanso até que a prisão fosse executada”.

 

O acusado foi encaminhado para a 2ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento da Polícia Civil, em Porto Alegre, mas deve ser transferido para o ES ainda hoje.

 

Thayná foi vista pela última vez entrando no carro de Ademir

O caso

 

Thayná foi sequestrada no dia 17 de outubro, quando passava pelos comércios do bairro Universal, em Viana, a procura de caixas para mudanças.

 

A menina foi vista pela última vez, por meio de imagens de videomonitoramento, entrando no carro de Ademir, por volta das 7h30.

 

Ossada

 

A ossada de uma criança foi encontrada em um brejo, próximo a uma lagoa de Viana, no bairro Areinha, na manhã da última sexta-feira (10). Segundo a polícia, o local era bastante usado por Ademir para cometer crimes.

 

O padrasto de Thayná reconheceu um vestido que estava com a ossada, porém apenas um exame de DNA poderá confirmar a identidade da vítima.

 

A mãe da menina, Clemilda Aparecida de Jesus, irá fornecer o material necessário para que seja realizado o teste, que vai confirmar se a ossada é de sua filha.

 

 

 

 

Comentários


(28) 3511-7481

 

es.fato@terra.com.br

redacao@jornalfato.com.br

 

Faça parte de nosso Facebook!

 

© 2016 Jornal Fato. Todos os direitos reservados.