Home      Saúde

Hospital Evangélico precisa de doação de sangue

20.04.2017

 

 

 

Banco de Sangue pede doações especificas do tipo O Negativo (Foto: Divulgação)

 

Com a proximidade de um feriado prolongado, o Banco de Sangue do Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (Heci) solicita doação de sangue, de todos os tipos, apesar de a grande necessidade ser pelo ‘O negativo’ – uma paciente de 14 anos faz tratamento oncohematolológico, com quadro de leucemia.

 

“Ela faz transfusões constantes, então temos que ter sempre em estoque este tipo de sangue”, comenta a enfermeira responsável pelo Banco de Sangue, Glaucia Canal. Segundo ela, o estoque, que deveria ser em torno de 20 bolsas, está com apenas quatro deste tipo sanguíneo.

 

“No geral, estamos com média de 40%, 50% do estoque abastecido. Alguns tipos sanguíneos têm mais estoque que outros”, esclarece a enfermeira Gláucia.

 

O Banco de Sangue tem recebido em média 30 doadores. Um número considerado razoável, mas que para abastecer a todos os hospitais da macrorregião sul do Espírito Santo, que o Heci atende, essa média deveria ser em torno de 50.

 

Para doar

 

Para ser um doador é preciso ter entre 18 e 69 anos, estar bem de saúde, não ter febre nas vésperas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade. Preenchendo os quesitos, pode comparecer ao Banco de Sangue com documento oficial com foto e fazer a doação.

 

Se tiver 16 ou 17 anos pode fazer a doação, desde que esteja acompanhado do responsável legal ou com o requerimento de autorização devidamente preenchido. Este requerimento pode ser adquirido no site do hospital evangélico (www.heci.com.br).

 

O banco funciona de segunda a sexta, das 7h às 16h e aos sábados das 7h às 11h. Excepcionalmente amanhã e na segunda-feira não haverá expediente. No sábado, funcionará normalmente.

 

 

 

 

Comentários


(28) 3511-7481

 

es.fato@terra.com.br

redacao@jornalfato.com.br

 

Faça parte de nosso Facebook!

 

© 2016 Jornal Fato. Todos os direitos reservados.