Home      Saúde

Bebês deixam maternidade já protegidos da tuberculose e hepatite B

11.08.2017

 

 

 

Eficiácia das vacinas é maior nas primeiras 12 horas de vida (Foto: Divulgação/PMCI)

 

Os recém-nascidos recebem ainda no hospital as primeiras vacinas: a BCG, contra a tuberculose, e a que previne a Hepatite B. Nas maternidades filantrópicas de Cachoeiro, a prefeitura faz esse atendimento que, além de proteger os bebês de doenças graves, garante comodidade aos pais.

 

O trabalho é realizado de segunda a sexta. A secretária municipal de Saúde, Luciara Botelho, ressalta a importância da ação do município, uma vez que a eficácia das vacinas é maior nas primeiras 12 horas do bebê.



“Além disso, evita que a maior parte dos pais tenha que sair de casa, com o filho ainda novo, para vaciná-lo e, por fim, melhora também o atendimento aos frequentadores da sala de vacina, diminuindo filas”, avalia. 



Nos casos em que a criança nasce em fim de semana, feriado ou ponto facultativo e, em decorrência disso, não receba as vacinas, a recomendação é que os pais a levem já no dia útil seguinte ao Centro Municipal de Saúde Bolívar de Abreu para serem imunizadas. O atendimento é feito de segunda a sexta, das 7h às 16h.

 


Teste do pezinho no Centro de Saúde

 

Também no Centro Municipal de Saúde, é realizado outro importante atendimento a recém-nascidos: o Teste do Pezinho. O Ministério da Saúde sugere que o exame seja feito a partir do terceiro doa de vida, o que inviabiliza a oferta do procedimento nas maternidades. O atendimento na unidade é feito de segunda a sexta, das 7h às 11h.

 

 

 

 

 

Comentários


(28) 3511-7481

 

es.fato@terra.com.br

redacao@jornalfato.com.br

 

Faça parte de nosso Facebook!

 

© 2016 Jornal Fato. Todos os direitos reservados.