Jornal Fato

Cachoeiro de Itapemirim, ES, sbado, 26 julho 2014.

Você está aqui: Esporte Notícia 1 Yamaguchi treina em Cachoeiro

Yamaguchi treina em Cachoeiro

O lutador de boxe Yamaguchi Falcão treina em Cachoeiro de Itapemirim para enfrentar sábado, em Santos, São Paulo, o argentino Martin “El Terrible” Rios.

A luta marca o início do capixaba, da categoria médio (72,5 kg), no pugilismo profissional. Antes de voltar para Vitória, onde reside, ele conta como está sendo sua preparação para a estreia.

Depois da prata nos Jogos Pan-Americanos de 2011 e do bronze em 2012, nos Jogos Olímpicos de Londres, o pugilista entra no ringue do circuito profissional.

A luta, revela Yamaguchi, é a primeira do contrato de cinco anos com a Golden Boys, considerada uma das maiores empresas de agenciamento da modalidade.

O convite para treinar em solo cachoeirense partiu do amigo de longa data Antônio Mendonça, que possui academia de boxe no bairro Nossa Senhora da Penha.

“Estou aqui há dois meses. Não conhecia Cachoeiro. A cidade é bem calma, sem festas. Bem diferente do agito do verão da Grande Vitória. Possui clima quente e muitos morros, o que favorece a resistência no treinamento”, comenta o atleta.

Seu adversário, conhecido como ‘El Terrible’, tem um cartel de 12 lutas, com 10 vitórias, sendo dois empates e nenhuma derrota. “Espero quebrar sua hegemonia e ser o primeiro adversário a vencê-lo”, afirma.

A rotina do pugilista é pesada, para aguentar os oito rounds da batalha. No boxe olímpico, as lutas têm apenas três. Ele treina até sete horas por dia, para a competição.

Yamaguchi e o irmão, Thomas Edson, que o acompanhou nos treinos, voltam para casa, em Vitória, amanhã. Além do treinador Antônio Mendonça, eles receberam apoio no município do restaurante Sabor de Casa e de outros parceiros. Na quarta-feira, o pugilista embarca para Santos.

Outro irmão do boxeador, o também medalhista olímpico Esquiva Falcão, que está nos Estados Unidos, também vai encarar a carreira profissional. Ele estreia no Texas no dia 1º de fevereiro.

 

Beatriz Caliman

 

Yamaguchi treina em Cachoeiro