Jornal Fato

Cachoeiro de Itapemirim, ES, domingo, 20 abril 2014.

Você está aqui: Polícia Notícia 2 Suspeito de assassinato é preso em operação no Zumbi

Suspeito de assassinato é preso em operação no Zumbi

E-mail Imprimir PDF

Equipe da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Cachoeiro de Itapemirim realizou uma operação na manhã de ontem, na Rua Ecoporanga, no bairro Zumbi, no município, para cumprimento de mandado de busca e apreensão.

Duas pessoas foram detidas, entre elas Alex Miranda da Silva, 24 anos, acusado de envolvimento no assassinato, ocorrido no último dia 06, de David Wingler Paulista, que tinha apenas 18 anos.

A operação teve início às 6h30. De acordo com o chefe de investigação da DCCV, João Batista de Oliveira, os principais alvos eram Alex e seu comparsa, um homem identificado como “Camarão”, que, segundo as investigações, também participou do atentado contra David.

Eles ainda são acusados de aterrorizar moradores da Rua Ecoporanga e de comandar o comércio de entorpecentes no local.

“Começamos logo cedo a operação e logramos êxito em prender Alex dentro de sua residência. A gente sabe que ele trafica, porém não encontramos drogas no local. Agora, estamos à procura do comparsa de Alex, o “Camarão”. A população pode nos ajudar fazendo denúncias anônimas através do número 181”, disse o investigador.

Ainda durante a operação os policiais civis entregaram diversas intimações a moradores do local.

Na oportunidade, um rapaz, de 21 anos, foi detido. Ele também é suspeito de envolvimento com o tráfico. Porém, seu nome não foi divulgado para não atrapalhar as investigações.

Ambos os detidos foram conduzidos para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) do município, para as providências cabíveis.

Entenda os FATOS

David Wingler Paulista, de apenas 18 anos, foi morto a tiros na noite do dia 6 de agosto, na Rua Ecoporanga, no bairro Zumbi, em Cachoeiro de Itapemirim.

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 21h30, um rapaz chamou David, que residia no bairro Monte Belo, e sua companheira, Helena Tâmara, 20 anos, para ir até o bairro KM 90.

Mas o trio acabou se deslocando ao bairro Zumbi. Lá, Helena conversava com uma mulher quando ouviu uma discussão e foi ver o que estava acontecendo.

Ela disse à polícia que presenciou Camarão e Alex exaltados com David. Helena contou que tentou intervir na discussão, mas a dupla, segundo a testemunha, queria levar ela e seu companheiro até a um local conhecido como Morro das Andorinhas, que abriga antenas de rádio, TV e telefonia celular em Cachoeiro.

Helena conseguiu escapar, mas o jovem não teve a mesma sorte. Ele levou dois tiros no peito. Chegou a ser socorrido, mas faleceu ao dar entrada no pronto socorro da Santa Casa.

 

Wanderson Amorim

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Suspeito de assassinato é preso em operação no Zumbi