Polícia Civil investiga morte de estudante - Jornal Fato
Polícia

Polícia Civil investiga morte de estudante

Márcio Alves da Silva foi morto com sete tiros, por volta das 21h30.


Um estudante, de 20 anos, foi morto a tiros em frente à escola Quintiliano de Azevedo, no bairro Santo Antônio, em Cachoeiro de Itapemirim, na noite desta quarta-feira (20).

Márcio Alves da Silva foi morto com sete tiros, por volta das 21h30. Ele foi socorrido, mas morreu antes de chegar à Santa Casa. Os tiros acertaram rosto, tórax, abdômen, nuca e ombro.

Segundo a polícia, ao chegar no local, os militares encontram Márcio caído ao chão, envolto de uma grande poça de sangue, mas ninguém soube explicar a dinâmica do crime.

O rapaz trabalhava em um posto de combustíveis durante o dia e cursava o ensino médio a noite. Ele foi veleado na tarde desta quinta-feira (21), na capela mortuária do cemitério do Coronel Borges, onde foi enterrado.

A Polícia Civil informou que já iniciou o processo de investigação. Segundo o delegado Felipe Vivas, titular da Delegacia de Crimes Contra Vida (DCCV), diligências foram feitas na tarde desta quinta-feira (21).

"Estamos concentrando esforços no caso. A equipe está checando informações. Qualquer informação relevante pode ser passada por meio do telefone 181, não é preciso se identificar".

Possíveis suspeitos e a motivação do crime não foram revelados pela polícia para não atrapalhar as investigações.

Comentários

VEJA TAMBÉM...