Haroldo Rocha não será mais vice-ministro - Jornal Fato
Política

Haroldo Rocha não será mais vice-ministro

O economista Haroldo Rocha vai permanecer à frente da Secretaria de Estado Educação (Sedu), no Espírito Santo


Arquivo/Fato

O economista Haroldo Rocha vai permanecer à frente da Secretaria de Estado Educação (Sedu), no Espírito Santo. No início do mês passado, ele foi convidado pelo Ministério da Educação (MEC) para assumir a função de secretário executivo (vice-ministro).

Entretanto, após convite feito pelo Governo Federal, nova proposta foi realizada, nesta semana, para que Haroldo Rocha assumisse não mais a função inicial, mas a Secretaria de Educação Superior (SESu). O economista não aceitou e permanecerá no Governo do Estado.

"A ida para o MEC era para atender missão de poder contribuir pela educação básica brasileira, pois estamos em pleno processo de mudanças e reformas que irão transformar radicalmente o trabalho pedagógico no âmbito escolar. Foi um reconhecimento do trabalho bem-sucedido que vem sendo desenvolvido pelo Espírito Santo com programas que estão revolucionando a educação pública capixaba, como Escola Viva, Jovem de Futuro e o Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes). Fiquei muito feliz e honrado com o convite, mas vou continuar dedicando minhas energias ao Espírito Santo", disse Haroldo Rocha.

Na oportunidade, o professor Aridelmo Teixeira, que fora apresentado como o substituto de Haroldo, foi convidado a compor a equipe da Sedu, para agregar sua experiência à gestão pública e dar continuidade ao Escola Viva, programa de educação em tempo integral que está abrindo um leque de oportunidades para os jovens capixabas.

Comentários

VEJA TAMBÉM...