A fragilidade humana - Jornal Fato
Artigos

A fragilidade humana

Uma ficou chateada por algum tempo, mas recuperou-selogo e o seu irmão está deprimido até hoje


Uma pessoa comenta que foi a um asilo, na esperança de encontrar a filha de uma Sra. que está internada, porque ainda está apaixonado pela filha dela.

Duas crianças perderam o seu pai,há um ano. Uma ficou chateada por algum tempo, mas recuperou-selogo e o seu irmão está deprimido até hoje. A escola percebeu o seu isolamento, baixo rendimento escolar e encaminhou-o ao psicólogo.

Um homem que bebe diariamente está em processo destrutivo, deprimido e precisando de ajuda profissional.

Os fumantes em excesso,também estão em processo de destruição, já que o fumo possui4728 substâncias tóxicas e é um vício que leva ao câncer.

As drogas vão enlouquecendo o usuário num processo destrutivo bem mais rápido. E quem não tem dinheiro para sustentar o seu vício, ele passa a vender drogas para comprar e usar, trabalhar para o tráfico ou pegar objetos de sua própria casa para vender e comprar drogas.

Transformam-senum morto vivo como diz o povo, mas se eles fizerem um bom tratamento com equipe multidisciplinar podem se recuperar.

Hoje se fala em internação compulsória do usuário de drogas, mais ainda é um assunto polêmico e deve ser feita com muito critério.

Apessoa que foi ao asilo, visitar a mãe da pessoa amada, na esperança de encontrar a filha, as nove horas da noite, já está em casa deitado na cama. Deitar-se cedo só faz bem, mas poderia estar fazendo contatos, para sair, jantar fora, demonstrando aí um quadro depressivo, vivendo do passado.

Falta muitas vezes nas pessoas, um dinamismo interior para impulsionar a sua personalidade.

Já as pessoas, que leem livros, revistas, fazem cursos, viajam, são muito mais empreendedoras dinâmicas e não se abatem por qualquer problema, por eles contornam os problemas, e sempre tem uma alternativa.

Vemos muito isto no mundo atual, em que as pessoas que estão muito ligadas a internet, aos celulares tem uma visão muito limitada do mundo, podem acabar isolando-sedo mundo real, só ficando no mundo virtual.

Com eles tem dificuldade de conexão com as pessoas, tornando-se as veze obesos, frágeis e com dificuldade real de conexão com a família, a escola e o mundo.

 


Fernando Fiuza Psicólogo

Comments

SEE ALSO ...