Jogador cachoeirense morre após ser atingido por caminhão no Paraná - Jornal Fato
Geral

Jogador cachoeirense morre após ser atingido por caminhão no Paraná

Felipe Dias, de 17 anos, estava atrás do sonho de se profissionalizar como jogador de futebol


O jovem cachoeirense Felipe Dias, de 17 anos, morreu em um acidente por volta das 21h00 deste sábado (16), na BR-376, em Marialva, Paraná. De acordo com um jornal local, Tribuna Alternativa, Felipe foi atingido por uma carreta após saltar da carroceria de uma caminhonete.

Felipe e um amigo participariam de uma festa surpresa de aniversário e pegaram uma carona com um motorista de uma Toyota. Eles sentaram na carroceria da caminhonete, no entanto, em um contorno da BR-376, percebendo que o veículo em que estavam seria atingido pela carreta, pularam.

Um deles caiu sobre um canteiro, mas Felipe caiu no meio da pista. O caminhoneiro tentou frear, porém acabou atingindo o rapaz. Testemunhas disseram que, mesmo após o impacto, Felipe continuou correndo, mas caiu poucos metros depois. Ele sofreu ferimentos graves na cabeça, não resistiu e veio a óbito no local.

O amigo de Felipe não teve ferimentos. De acordo com o Tribuna Alternativa, o condutor da Toyota fugiu do local e não prestou socorro à vítima.

 

Sonho

Como muitos jovens, Felipe tinha o sonho de ser um grande jogador de futebol e há poucos meses havia participado de um campeonato na Bolívia.

Em janeiro, ele e mais três amigos deram uma entrevista ao jornal ES de Fato após terem retornado do mundialito. Falaram sobre sonhos, esperanças, dias melhores e oportunidades.

O rapaz, que começou a jogar aos seis anos de idade, há pouco tinha se profissionalizado no Marialva Futebol Clube, no Paraná. Amigos relatam que a família estava feliz com mais essa realização.

Para o Tribuna Alternativa, o treinador de Felipe, Nascimento, disse que ele era um jovem promissor, que estava amadurecendo e teria grandes chances de ir para a Europa na próxima janela que acontece no meio do ano. Disse ainda, que o atleta que era atacante, havia marcado dois gols no último jogo e chamou a atenção de olheiros de vários clubes, inclusive do Santos FC.

Felipe, que construía sua carreira no esporte após passar pelo Flamengo, Bom Sucesso e Nova Iguaçu, deixou um legado: o mais importante era lutar, e não vencer sempre, como dizia.

Consternados com a notícia, amigos deixaram mensagens em sua página do Facebook como "vamos perder sua grandeza, mas já que Deus te levou, que ele nos console e nos abençoe".

Comentários

VEJA TAMBÉM...